sexta-feira, novembro 03, 2006

Gostava de Saber Escrever Um Poema...
Gostava de saber escrever um poema,
Onde as palavras fossem emoções,
Gostava de saber escrever um poema,
Para matar a saudade e sacudir meu ser,
Gostava de saber escrever um poema,
Onde meus sentidos se encontrassem com os teus.

Gostava de saber escrever um poema,
De amor,
De amizade,
De…
Onde a harmonia e a luz se encontrassem.

Gostava de saber escrever um poema,
Apenas um.
Onde meu mundo se reunisse ao teu
Como de um só se tratasse.

Gostava de saber escrever um poema…
Mas não sei.
Mas meu amor,
Meu anjo,
Estou aqui…
Envolto em palavras pensando em ti e te esperando.

Ai, como eu gostava…

Gostava de saber escrever um poema!



Alvaro Gonçalves


Meus anjos, meus doces e lindos amigos, hoje atrevi-me a escrever umas linhas, umas linhas em forma de poema, nossa que atrevimento o meu, mas não resisti, meu coração vive sempre cheio de fortes emoções e não resistiu a falar um pouco, mesmo que mal, hoje eu afirmo:
Gostava de saber escrever um poema!
Aproveito este momento para vos desejar um lindo fim de semana e uma semana cheia de paz, amor, harmonia e muita luz em vossos doces corações.
Bjokas mil e xi – corações.

16 Comments:

At 2:01 da tarde, novembro 03, 2006, Blogger princesadesalento said...

Querias saber escrever um poema, mas não te apercebeste que já sabes!
Está lindo, magnífico!
Parabéns...

 
At 4:44 da tarde, novembro 03, 2006, Blogger Mikas said...

Para quem não sabe escrever está ai uma coisa toda janota.

Beijinhos e bom fim de semana.

 
At 7:01 da tarde, novembro 03, 2006, Blogger Bia said...

Mas tu acabaste de escrever um poema! e Lindo! repleto de sentidos, ela é um anjo e tu est´s aí... queres melhor?
beijinhos e bom fim de semana

 
At 10:07 da tarde, novembro 03, 2006, Anonymous Anónimo said...

Esta música fez-me sorrir...o francês,gosto muito de ouvir cantar em francês ...pois,gostei de ter vindo aqui,sorri,fui parar muito longe...sou terrível!
beijo
MI

 
At 11:47 da tarde, novembro 03, 2006, Blogger Por uma lagrima said...

...E como tão bem escreves poemas!!!
...E como eu queria retribuir o teu miminho!!!
:-))
Mas deixo-te um beijinho...docinho de lágrima salgada

 
At 12:03 da tarde, novembro 04, 2006, Blogger Cakau said...

Alegrat-e, amigo! Não são as palavras que compõem um poema: são os sentimentos! E tu fazes-lo na perfeição! *

Um grande beijo desta amiga desaparecida *

 
At 2:50 da tarde, novembro 04, 2006, Blogger Velutha said...

Passei para te deixar um beijinho e desejar um bom fim de semana.

 
At 3:15 da tarde, novembro 04, 2006, Blogger sem-comentarios said...

Alvaro,
Tu podes não saber escrever poemas.
Mas, sabes muito bem escolhe-los para o teu cantinho tão apaixonante.
Tb sabes muito bem dizer-nos palavras cheias de carinho :)

Desejo-te uma excelente semana, meu amigo :)

Bjs***

 
At 11:34 da manhã, novembro 05, 2006, Blogger Daniel Aladiah said...

Caro Álvaro
Talvez já o tenhas escrito muitas vezes...
Um abraço
Daniel

 
At 11:59 da manhã, novembro 05, 2006, Blogger efvilha said...

Olá amigo.
A ti também, o melhor fim de semana.
Por aqui, além da reeleição do Lula, imprevisível caminho para a nossa política, inauguramos na noite que passou um horário de verão novinho em folha. Adoro quando ele chega. Que essa mexida no tempo cronológico me traga outros ares psicológicos.
Cordial abraço, e obrigado pelas inestimáveis palavras solidárias.

 
At 5:10 da tarde, novembro 05, 2006, Anonymous collybry said...

O poema, palavras que descrevem um momento...grata pela linda visita, bjoca doce_____________Cõllybry

 
At 9:37 da tarde, novembro 05, 2006, Blogger almofadinha said...

Lindo!!
Gostei de ler!
Parabens!!

 
At 12:42 da tarde, novembro 07, 2006, Blogger tibeu said...

Adorei este blog e achei a música linda, não me apetece sair daqui.
um carinho do cantinho da tiBeu

 
At 8:39 da tarde, novembro 07, 2006, Blogger Dad said...

Olá!!!
Até que enfim! E um lindo poema!
Parabéns!

Continua pois já se vê que não precisas socorrer-te dos textos que não são teus pois tem capacidade e sensibilidade para escreveres os teus próprios.

Gostei de assistir a este "nascimento"!

P A R A B É N S!!!

Bjinhos Amigo!

 
At 12:15 da tarde, novembro 09, 2006, Blogger efvilha said...

Olá, Alvaro.
Por aqui passei para te dizer que há poesia no ar. Tuas palavras construiram poesia.
Abraço.

 
At 7:48 da tarde, novembro 11, 2006, Blogger ☆Fanny☆ said...

Bem sei o quanto me tenho afastado das minhas visitas aos blogs...bem sei como a minha alma tem andado vazia...tantas vezes desamparada!
Desculpa a minha ausência! :-(

Meu querido amigo...tu és UM POEMA, e dele brotam emoções belas e perfumadas de amor/amizade... deixas-nos de alma embalada e um sorriso crescente no coração.
Obrigada por existires!

Um abraço de estrelinhas*

Fanny

 

Enviar um comentário

<< Home