sexta-feira, dezembro 01, 2006

Pedra Filosofal
Eles não sabem que o sonho
é uma constante da vida
tão concreta e definida
como outra coisa qualquer,
como esta pedra cinzenta
em que me sento e descanso,
como este ribeiro manso,
em serenos sobressaltos
como estes pinheiros altos
que em verde e ouro se agitam
como estas aves que gritam
em bebedeiras de azul.
Eles não sabem que o sonho
é vinho, é espuma. é fermento,
bichinho alacre e sedento,
de focinho pontiagudo,
que fossa através de tudo
num perpétuo movimento.
Eles não sabem que o sonho
é tela, é cor, é pincel,
base, fuste, capitel,
arco em ogiva, vitral,
pináculo de catedral,
contraponto, sinfonia,
máscara grega, magia,
que é retorta de alquimista,
mapa do mundo distante,
rosa dos ventos, Infante,
caravela quinhentista,
que é Cabo da Boa Esperança,
ouro, canela, marfim,
florete de espadachim,
bastidor, passo de dança.,
Colombina e Arlequim,
passarola voadora,
para-raios, locomotiva,
barco de proa festiva,
alto-forno, geradora,
cisão do átomo, radar,
ultra som televisão
desembarque em foguetão
na superfície lunar.
Eles não sabem, nem sonham,
que o sonho comanda a vida.
Que sempre que um homem sonha
o mundo pula e avança
como bola colorida
entre a mãos de uma criança.


(António Gedeão)

Hoje nada mais vos posso dizer, este poema diz tudo o que sinto, e o que quero partilhar, são emoções e desejos de um ser que AMA e busca a LUZ!
Desejo-vos um lindo fim de semana e uma semana cheia de paz, amor, harmonia e muita luz em vossos corações.
Bjokas mil e xi – corações.

13 Comments:

At 7:43 da manhã, dezembro 01, 2006, Blogger Bia said...

A Pedra Filosofal... um presente eterno, letra maravilhosa que nos faz sonhar, o desenho acima feito por uma criança é tão lindo que só mesmo uma criança seria capaz de o fazer daquele jeito, com aqueles pormenores e cores adorei, agora continua a Amar, a Sonhar e que a Luz que tu procuras a encontres rapidamente, já pensaste que essa luz está dentro de ti? Só tens que a chamar, baixinho e com tranquilidade vais ver que ela aparece.
Um Bom fim de semana e um beijinho

 
At 5:48 da tarde, dezembro 01, 2006, Anonymous Jofre Alves said...

Caro Álvaro; fiquei imensamente satisfeito ao visitar o teu blogue, pois o meu poeta preferido é, nem mais nem menos, António Gedeão. Opção de qualidade nesta página que é sempre de interesse e agradável visitar. Óptimo fim-de-semana para ti.

 
At 8:45 da tarde, dezembro 01, 2006, Anonymous Anónimo said...

Um poema de uma beleza enorme ilustrado por um olhar enorme de brilho e ternura...parabéns.
beijo
m

 
At 7:45 da tarde, dezembro 02, 2006, Blogger betty boop said...

Percebe o momento em que a porta abre. Segue a luz e luta por ti...luta pelos teus sonhos. Se virares as costas à luz só verás a tua sombra. Querido Álvaro, lindo poema e excelente escolha.
"Eles não sabem que o sonho é tela, é cor, é pincel..." Eu vivo num mundo de sonhos muito mais bonito que a vida real.
Um beijo doce

 
At 10:29 da tarde, dezembro 02, 2006, Blogger Daniel Aladiah said...

Caro Álvaro
Um poema musicado por Manuel Freire, um clássico da nossa literatura. O génio do poeta-cientista.
Um abraço
Daniel

 
At 4:37 da tarde, dezembro 03, 2006, Anonymous Elsa said...

àlvaro, a Luz não se procura... ela encontra-se dentro de nós. Para que a possamos sentir, teremos de olhar para dentro de nós mesmos, afastar fantasmas de passado... só assim a re(encontramos)... Não é um caminho fácil de seguir, pelo ´contrário, é árdua essa procura de nós... quer esquecer, afastar o que de nós não presta... sentimos-nos à beira do abismo... mas a Luz... essa não nos deixa... apenas se afasta um pouco para nos por à prova até onde seremos capazes de seguir... e seguiremos sempre... pq a Luz dá-nos força. E essa força vem dos sinais que la nos transmite, e que a maior parte das vezes os ignoramos... a resposta está lá... A luz... também!
Beijo

 
At 9:48 da tarde, dezembro 03, 2006, Blogger Dad said...

Querido Álvaro!
Peço desculpa pela minha ausência mas realmente só hoje me sentei com algum tempo ao computador. O template do teu blog está maravilhoso e a música ouve-se lindamente. Estás de parabéns! Cada vez este teu sitiozinho está mais bonito e bem cuidado.
Também adorei o poema de Gedeão que postaste! Sabes que ele ainda era meu primo?!

Este poema que depois foi musicado foi desde sempre um dos poemas que mais admirei, gostei de cantar e ainda canto!

Espero que tenhas uma semana muito boa e cheia de alegrias!

Beijinhos,

 
At 5:23 da tarde, dezembro 04, 2006, Anonymous collybry said...

Querido amigo...é sempre bom relembrar este lindo poema...
Bjoca doce______________Cõllybry

 
At 5:47 da tarde, dezembro 04, 2006, Blogger sem-comentarios said...

Linda imagem de abertura ! Esse mar, que imensidãoooo.
A pedra filosofal é um icone na musica portuguesa, da qual eu adoro :)

Muito obrigada por me relembrares dela, meu amigo.
Um beijo e óptima semana :)**

 
At 10:53 da tarde, dezembro 05, 2006, Anonymous Daniela Mann said...

Uma excelente escolha!

 
At 1:28 da tarde, dezembro 06, 2006, Anonymous Cy said...

Oi querido Alvaro, amigo lindo do meu coração...fiquei emocionada quando li suas palavras no meu Blog, cheias de emoção, ternura, carinho... Alvaro, vc busca a Luz???? Como assim???? Vc é a própria LUZ Alvaro... e ilumina tudo e a todos q encontra pela sua frente... Adoro vc!!! Desejo não só q o seu dia de hoje seja lindo, como todos de sua vida...Beijo doce!!! Da amiga, de Belém do Pará...Cy.

 
At 8:41 da tarde, dezembro 07, 2006, Blogger Paulo Sempre said...

O sonho..., sempre o sonho no Comando da vida...até à morte...o sonho, sempre!!!

 
At 11:26 da tarde, dezembro 07, 2006, Blogger Morrigan said...

É bom sonhar...e seria bom que os sonhos realmente comandassem a nossa vida. Talvez a nossa sociedade fosse mais...humana. Parece-me é que vivemos num mundo demasiadamente racional, onde para vingar, nao podemos deixar que os sonhos comandem a vida. Quando o fazemos...vêem-nos como loucos. Um beijo. gostei do teu cantinho

 

Enviar um comentário

<< Home