quarta-feira, junho 13, 2007

FARDOS

Quando a ilusão o fizer sentir
o peso do próprio sofrimento,
como sendo opressivo e injusto,
recorde que você não segue sozinho no grande roteiro.
Cada qual tolera
a carga que lhe pertence.
Existem fardos
de todos os tamanhos
e feitios.
O poderoso arca
com o peso da responsabilidade
de decisões que influenciam
grandemente o destino alheio.
O sacerdote sofre a tortura
de um condutor de almas.
O coração materno angustia-se
com a sorte de seus filhos.
O enfermo desamparado
carrega as dores de sua indigência.
A criança sem ninguém
sofre seu pavor.
Aprenda a entender o serviço
e a luta dos semelhantes
para não se supor indevidamente
vítima ou herói.
No campo das provações,
todos são irmãos uns dos outros,
mutuamente identificados
por semelhantes dificuldades,
dores e sonhos.
Suporte com amor
o peso de suas obrigações e caminhe.
Do acervo de pedra bruta
nasce o ouro puro.
Do cascalho pesado
emerge o diamante.
Do fardo que transportamos de boa vontade
procedem as lições
de que necessitamos para a vida maior.
Talvez você se pergunte
qual a carga transportada
pelos maus e levianos, que aparentemente
passam pela vida isentos de provações.
Provavelmente eles,
sob uma falsa aparência de vitória,
vivem sob encargos singularmente
mais pesados do que os seus.
Impunidade e injustiça
são conceitos estranhos às leis divinas.
O céu não é um local físico predeterminado,
mas um estado de consciência.
Ele somente é acessível,
com seus tesouros de paz e luz,
para quem está em harmonia
com as leis divinas.
Nada há para invejar de quem ainda
nem começou a se recompor com essas leis,
por leviandade ou preguiça.
Pior ainda é a situação de quem,
pela desdita de praticar o mal,
está adquirindo débitos perante a vida.
Se o suor alaga sua fronte
e se a lágrima lhe visita o coração,
isso é um sinal de que a sua carga
já está sendo aliviada.
Quem desempenha corajosamente,
sem murmurações,
as tarefas que lhe competem
está caminhando
para a plenitude de sua consciência.
Provas bem suportadas,
sem desânimo ou preguiça,
convertem-se de forma gradativa
em tesouros de entendimento,
paz e luz para a ascensão da criatura.
Lembre-se do madeiro injusto que dobrou
os ombros doloridos do Cristo.
Sob as vigas duras no lenho infamante
jaziam ocultas as asas divinas
da ressurreição para a imortalidade.
Deus criou o mundo estruturado
por leis perfeitas, belas e justas.
Nesse harmónico concerto,
por certo você não foi esquecido.
Sua vida não é regida por acasos.
As provações que o visitam visam a fortificá-lo,
lapidá-lo, despi-lo de inferioridades
que o infelicitam há longo tempo.
Não imagine, sequer por um momento,
que o Pai Amoroso que Jesus nos revelou
possa ser cruel.
As provas duram o tempo
estritamente necessário
para ajudá-lo a adquirir os valores
e aprender as lições de que necessita.
Reduza sua quota de dores,
dedicando-se ao bem
com determinação e vigor.
Dê um basta nas reclamações e nos vícios,
alegrando-se ao executar as tarefas
que a vida lhe confiou.
Fardos e dificuldades não são desgraças,
mas desafios a serem vencidos e superados,
com otimismo e esperança.


Chico Xavier


Meus anjos, hoje deixo-vos apenas com esta bela mensagem do maravilhoso Chico Xavier, sobre os fardos, fardos esses que cada um de nós carrega todos os dias de nossas vidas e que umas vezes nos são tão pesados e parecem dar cabo quase dela, mas que são “apenas” obstáculos colocados em nosso caminho para que possamos aprender a viver melhor, embora a cada obstáculo que passamos o outro que surge se mostra maior ainda, tenhamos assim força para os ultrapassar.
Meus anjos me desculpem, é que não estou passando muito bem, como alguns de vós já sabem que tenho andado doente, tenho feito muita coisa e não tenho me dedicado muito a mim, ou mesmo quase nada, e minha saúde que já andava muito para baixo foi mais abaixo ainda, tenho tido que ajudar minha família, e me tenho esquecido de mim, e na passada segunda feira dia 11 de Junho, dia lindo, pois é o dia em que minha MÃE faz anos, eu os passei no hospital, e levei um "tareia" dos médicos, por não estar me tratando como deve ser, agora vou ter de me esforçar mais um pouco para me cuidar, mas não quero deixar de ajudar os outros (coisa que para mim é fundamental, pois faz parte de mim, da minha natureza, e isto de ter de ficar praticamente sem nada fazer é um tremenda tortura para mim), o que se torna um pouco dificil, por isso vos peço desculpas se não visitar a todos vós esta semana, é que tenho ordens para repousar ao máximo e tomar o máximo cuidado comigo, enfim é a vida, não quero que se preocupem, apenas que compreendam se eu demorar em vos visitar esta semana.
Obrigado, mil vezes obrigado a todos pela vossa compreensão e amor!
Desejo a todos um doce fim de semana e uma semana cheia de paz, amor, harmonia e muita luz em vossos corações.
Bjokas mil e xi – corações.

Etiquetas:

22 Comments:

At 4:25 da tarde, junho 13, 2007, Blogger Juℓi Ribeiro said...

Alvaro:

Obrigada
pela amável visita!
Lindo texto
de Chico Xavier!
Cuide da sua saúde
querido amigo.
Você é importante
para os seus amigos.
Um abraço carinhoso.*Juli*

 
At 5:46 da tarde, junho 13, 2007, Blogger Isabel said...

Cuide de si que os amigos compreenderão; e, quando nos voltar a visitar, estaremos todos cientes de que a sua ausência de nossos cantinhos terá contribuido para as suas melhoras.

Bjt e, até já...

 
At 7:14 da tarde, junho 13, 2007, Blogger por uma lágrima said...

Faz uma pausa, recupera e volta depressa.
Já sinto saudades
Um beijo com muito carinho

 
At 11:01 da tarde, junho 13, 2007, Blogger efvilha said...

Obrigado por cá vires, caro Álvaro.
É sempre prazeroso ter o registro da tua passagem.
Também, a ti, a melhor das semanas.

E paro para ler o texto denso, como aos tantos outros.
Abraço de paz.

 
At 2:36 da tarde, junho 14, 2007, Blogger Lia said...

Meu querido amigo,

quantas vezes carregamos o peso do mundo nas nossas costas.
Mas há sempre um anjo que nos guarda, e quando esse fardo começa a ser pesado demais para as nossas parcas forças, corre em nosso auxílio...

Um beijo e bom fim de semana

 
At 8:28 da tarde, junho 14, 2007, Blogger Alice said...

Força, amigo...
Aqui fica um texto para ti que me é muito querido: Salmos 73

Um beijo cheio de carinho...

 
At 11:08 da manhã, junho 15, 2007, Blogger Fátima said...

Olá meu querido amigo Álvaro, desejo de coração que recuperes depressa e não te esqueças de cuidar de ti, porque se não o fizeres como poderás ajudar os outros?

Concordo em absoluto com esse belo texto – as dificuldades são desafios. E o importante é nunca perder a esperança.

Beijinhos cheios de carinho e que Deus e os Anjos estejam sempre contigo! :)

 
At 11:23 da manhã, junho 15, 2007, Blogger Sereia Azul* said...

Querido amigo...és um anjo! Porque sempre que aqui venho sinto uma PAZ IMENSA!

Abraço-te com muito carinho desejando-te rápidas melhoras.

Sereia Azul*

 
At 12:24 da tarde, junho 15, 2007, Anonymous Cy. said...

Oi Álvaro querido amigo!! Estou em uma correria só, mas queria vim aqui te deixar um carinho... Me deparei com essa imagem e fiquei preocupada!!! Não carregue esse fardo sozinho, eu estou aqui e vc sabe que pode contar comigo para o q der e vier... Lembre-se vc é Filho do Céu!!! Filho de Deus perfeito e maravilhoso!!! Adoro vc e tbm morro de saudades... Te cuida meu querido amigo e cubra a Margarida dos meus beijinhos virtuais... Um abençoado final de semana para vc...

 
At 3:07 da tarde, junho 15, 2007, Blogger lurainbow said...

Uns olhos nas cores do MAR
foi o que VI,
Que não os queria deixar de olhar ,
foi o que senti.
Que não os queria perder ,
foi o que me moveu ate TI...

Beijinhos cheios de cor e optimo FIM DE SEMANA

 
At 8:54 da tarde, junho 15, 2007, Blogger MARTA said...

Olá, como sempre, fizeste-me pensar..
Obrigada pela visita e agora, quero que cuides bem de ti...
Sabes, termos saúde é o nosso melhor aliado para carregarmos os fardos de que falas. Conseguimos ultrapassar se cuidarmos dela...
Beijos e abraços
Marta

 
At 10:22 da tarde, junho 15, 2007, Blogger cacharel said...

Querido Álvaro,
Vim te desejar um bom fim de semana e te dizer que és um kido.
Deixas-me vermelhita e sem palavras... obrigada pelo mimo que me deixaste*************

Mil beijos perfumados****

 
At 1:01 da tarde, junho 16, 2007, Blogger Sharm said...

hey .. how r u ?
can u just add an english hint about your post so that we can comunicate with you ?

thank you
sharm .. Egypt

 
At 1:11 da tarde, junho 16, 2007, Blogger por uma lágrima said...

Vim sorver as tuas palavras...
Saborear a tua musica... e que musica...!
São estas "pequenas" coisas que me ensinam a amar-vos, a admirar-vos...

Obrigada por tanta beleza

OBRIGADA ÁLVARO

 
At 4:35 da tarde, junho 16, 2007, Anonymous collybry said...

Olá qurido amigo,colo lamento saber que não está melhor...
Fardos são tantos que transportamos das varias vinda ao fisico, com quer esvazia-lo mas a lemrança se vai no acto de nascer, pouco se retira, e voltamos a enche-lo...

As melhoras,é meu desejo...

Meu doce beijo

 
At 8:09 da tarde, junho 16, 2007, Blogger Daniel Aladiah said...

Caro Álvaro
Não descures a tua saúde... se estiveres mal também não conseguirás ajudar os outos como gostas. Tudo de bom para ti.
Não tens um mail visível. Queria enviar-te a tarjeta do prémio "Humores", por seres quem és...
Um abraço
Daniel

 
At 10:27 da tarde, junho 16, 2007, Anonymous Rosa Maria said...

Vamos então a ver... Não seremos já mt crescidos para receber ralhetes pela falta de cuidados? Hum...
O que te salva, é que sempre nos deixas textos com mt sentido e que nos fazem sempre pensar e sentir mt...Senão tb ralhava eu:))!
Fica bem, e obrigada pelo carinho que sempre deixas no meu canto

 
At 10:59 da manhã, junho 17, 2007, Blogger irneh said...

Boas melhoras. Não excedas os teus limites. Obedece aos médicos. Depois, voltas em força.

 
At 2:25 da tarde, junho 17, 2007, Blogger Solitária said...

O mais importante é a nossa saúde, sem ela não podemos fazer nada. Portanto se somos amigos, sabemos que mesmo que estejas ausente estás presente, e quando estiveres em forma, cá estaremos todos de braços abertos para te receber.
As melhoras e que tudo corra bem.
beijinhos e votos de um bom domingo e uma excelente semana.

 
At 4:25 da tarde, junho 17, 2007, Blogger Je Vois La Vie En Vert said...

Querido Amigo Álvaro,
Que belo texto , como sempre alias !
Já me aconteceu sentir um fardo e dores porque eu carregava os problemas dos outros nos meus ombros até alguém me abrir os olhos. Temos que ouvir os outros, ajudá-los como podemos mas não devemos carregar os seus problemas nos nossos ombros porque assim não conseguimos ajudá-los mais. E tu tens que tratar bem de ti para poder continuar no teu caminho de paz, de amor e de ajuda aos outros.
Fiquei muito sensibilizada pelo miminho que me deste. O meu muito obrigada !
Um grande beijinho verdinho cheio de esperança, de frescura, de verdura para voltares cheio de forças. Não te apressas que estaremos sempre a tua espera !

 
At 4:40 da tarde, junho 17, 2007, Blogger A Sonhadora said...

Olá Álvaro, boa tarde...
espero que já te encontres em forma...eu estou optima e agradeço a tua passagem pelo meu cantinho...
uma grande beijoca e abraço da sonhadora

 
At 4:15 da manhã, julho 16, 2007, Blogger Eärwen Tulcakelumë said...

Chico Xavier, palavras sábias você colocou aqui.Palavras que vêm de encontro ao teu momento no dia em que postou e hoje também. Noto que és um homem de fé e nela deve se apoiar neste momento. Gostaria de ter um e-mail teu, se fosse possível.

Recebe pérolas incandescentes de fé e força.

Eärwen

 

Enviar um comentário

<< Home