sexta-feira, março 03, 2006

FORÇA PARA VIVER

Quando sua vida começa
você tem apenas
uma pequena mala de mão,
pequena, frágil.
À medida que os anos vão passando
a bagagem vai aumentando,
pois existem muitas coisas
que você recolhe pelo caminho
porque pensa que são muito importantes.
Algumas realmente são.
Num certo ponto do caminho,
você começa a sentir
o peso insuportável da mala
por carregar tantas coisas.
Afinal, para que carregar uma mala
se você não pode colocar nada nela?
Num certo ponto do caminho,
você começa a sentir
o peso insuportável da mala
por carregar tantas coisas.
Nesse momento você pode escolher:
Você pode optar por ficar
a vida inteira esperando;
muitas e muitas pessoas infelizmente
ficam uma vida inteira à espera de alguém
que possa aliviá-las de seu peso...
Ficar sentado à beira do caminho
esperando que alguém o ajude
mas saiba que isso vai ser difícil,
pois todos os que passarem por ali
já terão a sua própria bagagem...
Geralmente essas pessoas
sempre estão aguardando
que as pessoas com que se relacionam
tenham o poder de fazê-las feliz,
que as alivie desse peso,
e ficam esperando e esperando...
até que seus dias se acabem.
Isso é somente existir e não viver,
mas você tem uma outra escolha:
a de, você mesmo,
aliviar o peso esvaziando essa mala.
Mas afinal o que vou tirar?
Comece tirando tudo para fora
para observar tudo o que tem dentro;
é sempre assim!
Imagine quando arruma
a sua bolsa ou pasta...
você derrama tudo sobre a mesa
e começa a arrumar.
Então veja o que tem nela,
amor, amizade... nossa! Tem bastante!
Mas, para algumas pessoas
pode ser que seja pouco!
Anote!
pois talvez isso esteja lhe faltando
e saiba que amor e amizade
são coisas muito leves.
Tem algo pesado.
Você faz força para tirar:
É a raiva! É verdade: ela pesa!
Nesse momento você percebe
que tem mais coisas junto dela,
como as mágoas, ressentimentos e tristezas,
parece que todas estão entremeadas.
Nesse instante,
o desânimo quase te puxa para dentro da mala.
Afinal, à medida em que vai retirando tudo isso,
você volta em seus sonhos e recordações,
decepções e frustrações.
Mas, calma!
Alguma coisa está pulando em sua mala.
Você a puxa para fora com toda a força
e logo aparece um sorriso de criança
que estava sufocado no fundo da sua bagagem.
Isso mesmo!
As melhores recordações de sua vida,
daquela criança que você foi
dos 5 , 7 ou 9 anos de idade,
da época que você se lembra.
Ela traz junto de si a ternura, a inocência
e pulam para fora a paz e a harmonia
e, junto à elas, a felicidade.
Agora...
você vai ter de procurar
a paciência dentro da mala,
pois vai precisar
muito dela na vida.
Procure, então, o resto:
a força, a esperança,
a coragem, a fé,
a motivação, o equilíbrio,
a responsabilidade, a disciplina,
a tolerância e o bom e velho humor!
Está tudo lá,
é só você olhar com muita atenção.
Tire a preocupação também.
Deixe-a de lado,
depois você vai entender
o que fazer com ela.
Bem, sua bagagem está pronta
para ser arrumada de novo.
Mas pense bem no que vai colocar
lá dentro outra vez!
Agora é com você.
Perceba o valor de cada coisa,
das coisas boas e também das coisas más,
que lhe fizeram entender a vida
mas que não podem ficar com você.
Liberte-se delas, descarte-as,
chegou a hora, chegou o seu momento!
Se você não souber como fazer isso,
posso te dar uma dica:
Escreva tudo o que o magoou,
que lhe trouxe ressentimento, dor!
Escreva muito...
Depois, procure algo importante
dentro da sua mochila... hummm...
Parece mais com um frasco... ali está!
Esse mesmo!
É pequeno, mas muito, muito eficaz:
O perdão.
Pratique-o muito,
não uma ou duas vezes, mas muitas;
esse remédio vai acabar
com toda mágoa, ressentimento, e dor...
E vai desvincular você de toda a raiva,
vingança e injustiça,
coisas que jamais devem fazer parte de sua bagagem.
Eu lhe desejo uma boa arrumação em sua vida!

Autor: Paulo Valzacchi

Desejo a todos vocês meus doces e maravilhosos anjos um super gostoso fim de semana cheio de luz em vossos lindos corações.
Bjokas mil e xi – corações.

4 Comments:

At 9:55 da tarde, março 03, 2006, Blogger margusta said...

Querido Alvaro,
...a isto chama-se desapego...libertarmo-nos de pesos que carregamos e não nos fazem falta nesta caminhada que percorremos.

ADOREI o texto...eu tb estou a arrumar a minha mala...

Obrigada pelas tuas palavras sempre tão doces!!!|

Tenho lá um sorriso...é para todos os que me têm acarinhado e para quem vier...apesar de tudo é preciso sorrir!!!

Beijinhos e um bom fim de semana para ti .

 
At 10:15 da tarde, março 03, 2006, Blogger Mikas said...

Querido Alvaro,
tens razão. É preciso realmente uma grande força para viver!

Beijinhos e bom fim de semana.

 
At 4:17 da manhã, março 04, 2006, Blogger Silmara Roberta said...

Aplausos a vc Alvaro! Nossa muito lindo, uma motivação e tanto, amigo quando comecei a ler me veio a mente um texto que li hoje no orkut do meu sobrinho que perguntava vc tem experiencia? kkkkkkkk Muito bom tambem como esse. Um lindo e maravilhoso dia a vc, beijinhos encantadinhos no seu coração!

 
At 12:05 da tarde, março 04, 2006, Blogger sem-comentarios said...

Uma fantástica descrição de uma vida, um ensinamento ,simplesmente adorável !

Um bom fim de semana.

Jinhos :)

 

Enviar um comentário

<< Home